Exemplo da ausência do Estado no planejamento urbano / Example of the absence of the state in urban planning / Ejemplo de la ausencia del Estado en la planificación urbana

Infographic: Life Inside The Kowloon Walled City. Courtesy of South China Morning Post

Infographic: Life Inside The Kowloon Walled City. Courtesy of South China Morning Post

Este é um ótimo exemplo da ausência do poder público no planejamento urbano. A reportagem sob o título “Life Inside The Kowloon Walled “, mostra a cidade murada de Kowloon, que pode ser considerada como uma falha no tecido urbano de Hong Kong. Destoando de seu entorno, este espaço urbano resistiu as investidas do governo de derrubá-lo. No entanto, até 1980, as condições precárias haviam se tornado uma grande preocupação para as autoridades e uma declaração conjunta sino-britânica, em 1984, definiu colocar a bola de demolição  de Kowloon em movimento. Apesar dos protestos, o governo gastou HK $ 2,7 bilhões realocar os moradores. Em 1992, a cidade estava vazia. Apenas dois anos mais tarde, foi destruída e substituída por um parque tradicional.

——

This is a great example of the absence of government in urban planning. The report under the title “Life Inside The Kowloon Walled” shows the walled city of Kowloon, which can be considered as a fault in the urban fabric of Hong Kong. Diverging from its surroundings, this urban space resisted the attacks of the government to take it down. However, until 1980, the precarious conditions had become a major concern for the authorities and a Sino-British Joint Declaration in 1984 set put the wrecking ball Kowloon moving. Despite protests, the government spent HK $ 2.7 billion to relocate the residents. In 1992, the town was empty. Just two years later, was destroyed and replaced by a traditional park.

——

Este es un gran ejemplo de la falta de gobierno en la planificación urbana. El informe titulado “Life Inside The Kowloon Walled” muestra la ciudad amurallada de Kowloon, que puede ser considerado como un fracaso en el tejido urbano de Hong Kong. Divergentes de su entorno, este espacio urbano resistió los ataques del gobierno para hacerla caer. Sin embargo, hasta 1980, las precarias condiciones se habían convertido en una gran preocupación para las autoridades y una Declaración Conjunta Sino-Británica en 1984 set poner la bola de demolición de Kowloon movimiento. Pesar de las protestas, el gobierno gastó HK $ 2,7 mil millones para reubicar a los residentes. En 1992, la ciudad estaba vacía. Apenas dos años más tarde, fue destruido y reemplazado por un parque tradicional.

——

No Brasil corremos o risco de gerarmos situações semelhantes, pois o poder estatal brasileiro não atua de forma efetiva para regular e dar melhores condições de vida à população que vive à margem do processo legal da cidade. Cabe ressaltar que a própria ilegalidade desta população também é resultado da ineficiência e omissão do Estado, permitindo a formação e existência de ocupações periféricas (favelas), uma vez que não há interesse na qualificação de áreas para população de baixa renda.

Temos que mobilizar a sociedade para que ela também se movimente como um todo para exigir dos governantes ações que, de fato, permitam a essas populações marginalizadas terem direito à condições justas de usufruir da cidade. A sociedade formal não pode virar as costa para a população informal.

Leia o artigo completo em: Life Inside The Kowloon Walled

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s