Lançamento do livro “Brasil: os impactos da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016”

O Observatório das Metrópoles promove, nesta quarta-feira (29 de abril), o lançamento do livro “Brasil: os impactos da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016”.

Segundo o jornalista Juca Kfouri, a obra apresenta um balanço esclarecedor e preocupante sobre os legados dos megaeventos esportivos no país – elefantes brancos como estádios, paralisia da produção, remoções e violações de direito.

No evento também serão lançados livros do projeto “Metropolização e Megaeventos” com os resultados (legados) das cidades-sedes da Copa do Mundo 2014.

O evento acontece no Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro, e contará com a participação dos professores Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro (coordenador nacional do Observatório das Metrópoles); Orlando Alves dos Santos Júnior (organizador do livro); Inalva Mendes Brito (Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro); Daniel Soares (FINEP); Clarissa Maria Rosa Gagliardi (Coordenadora da Pesquisa sobre os Megaeventos em São Paulo).

http://www.observatoriodasmetropoles.net/index.php…

Foto de Observatório das Metrópoles.
Anúncios

Vant da FAB fará segurança na abertura da Copa das Confederações / Drone of the FAB will do security in the opening of the Confederations Cup / Vant de la FAB hará seguridad de la apertura de la Copa de la Confederaciones

Drone equipped with high resolution cameras fly over the Mane Garrincha stadium in the match between Brazil and Japan

The Brazilian Air Force (FAB) must employ at least one unmanned aerial vehicle (Drone) RQ-450 Hermes in the security of the Mane Garrincha National Stadium in Brasilia, during the opening of the Confederations Cup. The aircraft will operate for the duration of the restriction of airspace – from one hour before until four hours after the start of the match.

——

Drone equipado con cámaras de alta resolución sobrevolar el estadio Mané Garrincha en el partido entre Brasil y Japón

La Fuerza Aérea Brasileña (FAB) se debe emplear por lo menos un vehículo aéreo sin tripulación (UAV) RQ-450 Hermes en la seguridad del Estadio Nacional Mane Garrincha en Brasilia, durante la inauguración de la Copa Confederaciones. El avión funcionará durante la duración de la restricción de espacio aéreo – desde una hora antes hasta cuatro horas después del comienzo del partido.

——

Publicado no site Terra

Avião não tripulado dotado de câmeras de alta resolução sobrevoará o estádio Mané Garrincha na partida entre Brasil e Japão.

A Força Aérea Brasileira (FAB) deve empregar ao menos um veículo aéreo não tripulado (Vant) RQ-450 Hermes na segurança do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, durante a abertura da Copa das Confederações. A aeronave atuará durante a vigência da restrição do espaço aéreo – entre uma hora antes até quatro horas após o início da partida.

foto AFP

foto AFP

Conheça o Hermes, o Vant da Força Aérea Brasileira

As seleções de Brasil e Japão se enfrentam às 16h do dia 15 de junho no Mané Garrincha, no jogo que abre oficialmente a competição. Segundo a FAB, entre as 15h e as 20h, será proibida a circulação de aeronaves não autorizadas em um raio de 4 milhas náuticas (7,4 quilômetros) de distância do estádio. É nesta área que atuará o Vant.

De acordo com a FAB, a aeronave vai operar a partir da Base Aérea de Brasília e voará em uma altitude que permitirá a vigilância de toda a área de segurança estabelecida ao redor do estádio, posicionada de maneira a não interferir com o tráfego aéreo na região.

Os RQ-450 da FAB são equipados com uma câmera colorida de alta resolução que envia os dados ao vivo por meio de um sistema de enlace de dados. Também é possível obter imagens em preto e branco com o uso de um modo infravermelho que permite identificar pessoas à noite ou sob as copas das árvores, por exemplo.

Por outro lado, quem está no solo tem dificuldades para enxergar o RQ-450 Hermes em voo. Com 10,5 metros de envergadura e 6,1 metros de comprimento, a aeronave é pintada em cores claras e pode voar em altitudes de até 5,5 mil metros. Com um motor pequeno, seu ruído também é bastante difícil de ser ouvido do chão. Como cada voo pode durar até 16 horas, se necessário, dois VANTs podem manter a vigilância de uma determinada área de interesse de forma ininterrupta.

Essas aeronaves são utilizadas em missões de reconhecimento, em que é necessário grande tempo de observação de uma área. É possível manter a vigilância sobre uma força terrestre executando a proteção de uma área, alertando a tropa sobre possíveis ameaças não visualizadas a partir do chão, além do levantamento de informações para o melhor emprego das forças de segurança na região.

Link Original: Vant da FAB fará segurança na abertura da Copa das Confederações

Estádio Nacional de Brasília vira ‘plano B’ ao Itaquerão / The National Stadium of Brasília turns ‘plan B’ to the Itaquerão

One more proof of the lack of planning and management for the 2014 World Cup. It’s news also shows how our governments are subservient to private power and not the people. The Corinthians stadium that was initially announced as completely private and that there would be no state aid, now mobilizes the public.

GENEVA – Brasília will be with the opening of the World Cup in 2014 if the impasse in the financing of the Corinthians stadium is not resolved in the coming weeks. The crisis in the works of Itaquerão already reached the federal government that in the coming days, will call an emergency meeting between the President of Corinthians, Odebrecht, Andres Sanchez, Mayor Fernando Haddad and even the state government of São Paulo. The goal is to try to save the project, in what would be the last card.

——

Mais uma comprovação da falta de planejamento e gestão para a Copa de 2014. Está notícia também mostra como nossos governantes são subservientes ao poder privado e não à população. O estádio do Corinthians  que inicialmente foi anunciado como totalmente privado e que não teria nenhum auxílio do Estado, agora mobiliza o poder público.

Jamil Chade/Enviado especial a Genebra – O Estado de S. Paulo

Estádio de Brasília já vai abrir a Copa das Confederações e pode abrir o Mundial (Anthony Boadle/Reuters)

Estádio de Brasília já vai abrir a Copa das Confederações e pode abrir o Mundial (Anthony Boadle/Reuters)

GENEBRA – Brasília poderá ficar com a abertura da Copa do Mundo de 2014 se o impasse no financiamento do estádio do Corinthians não for resolvido nas próximas semanas. A crise nas obras do Itaquerão já chegou ao governo federal que, nos próximos dias, convocará uma reunião de emergência entre o presidente do Corinthians, a Odebrecht, Andrés Sanchez, o prefeito Fernando Haddad e até o governo estadual de São Paulo. A meta é a de tentar salvar o projeto, no que seria a última cartada.

Mas, no Planalto, funcionários de alto escalão do governo de Dilma Rousseff revelaram ao Estado que a possibilidade de Brasília ser a nova sede da abertura já é falada abertamente pela cúpula do governo e pelos organizadores da Copa.
Para as autoridades, há muito em jogo nessa crise: a imagem do Brasil, prejuízos com contratos já assinados e mesmo custos para compensar a quebra de acordos. O ESTADO apurou que, nos últimos dias, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, tratou do assunto com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e com o secretário-geral Jérôme Valcke. Aldo teria prometido que uma solução seria encontrada.
Mas pessoas próximas ao ministro garantem que ele não esconde a preocupação com a falta de financiamento e a possibilidade real de transferir a abertura para Brasília.

Leia mais em: Estádio Nacional de Brasília vira ‘plano B’ ao Itaquerão

Técnicos visitam Mané Garrincha para traçar planos operacionais em dias de jogo / Technicians visit Mane Garrincha Stadium to trace operational plans on game days

Thiago Rizerio – Correio Braziliense

Publicação:10/03/2013 18:05

The National Stadium in Brasilia, the Mane Garrincha, on Sunday received the visit of a delegation of technicians from Fifa. The group of just over 60 people attended the stadium for operational plans detailing on game days, such as flow of spectators, guests, chiefs of state, athletes and food for the staterooms, for example.

——

O Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, recebeu nesse domingo a visita de uma comitiva de técnicos da Fifa. O grupo de pouco mais de 60 pessoas compareceu ao estádio para detalhar planos operacionais em dias de jogo, tais como fluxo de espectadores, convidados, chefes de estado, atletas e de alimentos para os camarotes, por exemplo.

Essa foi a terceira vez que a comitiva compareceu à arena de Brasília. De acordo com o gerente geral de integração operacional do COL, Tiago Paes, as constantes reuniões têm objetivo de adaptar o projeto do estádio para que ele receba o evento de abertura da Copa das Confederações da melhor maneira possível. “É por isso que viemos aqui, por volta de 60 pessoas, para ver as 17 áreas diferentes para que possa coordenar todos os pontos para que funcionem de maneira integrada”, contou.

link: http://www.df.superesportes.com.br/app/19,156/2013/03/10/noticia_copa_do_mundo,42657/tecnicos-visitam-mane-garrincha-para-tracar-planos-operacionais-em-dias-de-jogo.shtml